Ingestão de água na gestação e lactação

Uma adequada ingestão hídrica é essencial para a manutenção dos processos fisiológicos do organismo. Na gravidez e na lactação, isso não é diferente, portanto, as gestantes e lactantes devem aumentar a ingestão de água para suprir as perdas diárias de líquido através da urina, das fezes, da respiração e do suor, como para atender às necessidades do organismo, que estão aumentadas nessa fase devido a circulação fetal, o líquido amniótico (que contém aproximadamente 98 a 99% de água) e a elevação do volume sanguíneo. 



Na amamentação, o consumo de água também deve estar aumentado. O leite materno é composto por 87% de água e as mães fornecem, em média, 750 ml de leite para seus bebês por dia durante a amamentação. A recomendação nesse caso e que a mulher ingira um copo de água 30 minutos antes de cada refeição e sempre que ela amamentar. É importante considerar que a Organização Mundial de Saúde recomenda que os bebês recebam exclusivamente leite materno durante os primeiros seis meses de idade.

Bjo da nutri.

Comentários

Postagens mais visitadas