Peça agora os seus, é vapt-vupt!

Alimentação vegetariana faz mal a saúde?

Hoje a Rádio CBN realizou uma entrevista sobre veganismo, mas não ficou muito claro se esse tipo de alimentação traz prejuízos para a saúde. Por isso, resolvi falar sobre isso aqui com vocês.
Uma pauta da entrevista foi a seguinte: ‘O intestino humano não foi feito para digerir carne’. Isso é verdade ou caô? Vou responder para vocês de duas formas, de acordo com o evolucionismo (E) e o criacionismo (C).



(E): Dr. Colin Campbell, professor emérito de bioquímica nutricional da Universidade de Cornell e autor do Estudo China explica que a inclusão da carne em nossa dieta é algo que teve início há 10000 anos atrás, bem depois ter sido formado a funcionalidade bioquímica básica dos seres humanos, a qual depende de nutrientes dos alimentos, previamente sido fornecidos por meio de plantas [1]. O Dr. Neal Barnard, presidente do Comitê de Medicina Responsável, explica que os primeiros seres humanos tinham alimentação semelhante aos macacos, ou seja, plantas, alimentos que eles conseguiam pegar com as mãos. A carne foi introduzida, no momento que os primeiros homens decidiram incluir na alimentação os restos que os carnívoros deixavam à beira do caminho. Nesse contexto, Richard Leakey, um dos antropólogos mais conceituados dos Estados Unidos, pesquisador da University of New York at Stony Brook, realizou importantes descobertas arqueológicas do homem primitivo, destaca a anatomia e fisiologia dos mamíferos carnívoros (intestino curto, dentes caninos grandes) e herbívoros (intestino longo, dentes menores). Até o ácido clorídrico, necessário para ação da enzima pepsina durante digestão da proteína, é encontrado em maior concentração no estômago dos animais carnívoros, quando comparado aos animais herbívoros. [2].

(C): Os criacionistas acreditam que o mundo foi criado por Deus, bem como os animais e o homem (Gênesis 1: 26 e 27) e no princípio todos os animais eram herbívoros, se alimentavam da erva verde e o homem comia frutos e sementes (Gênesis 1: 29 e 30). Interessante notar que até nesse momento o homem não comia folhas verdes apenas frutos e sementes. No entanto com a ‘queda’ do homem e a entrada do pecado no mundo, surgiu vermes, bactérias nocivas e o surgimento de doenças. A partir de então, o criador, Deus, inclui outro item no cardápio do homem, a erva verde (Gênesis 3:18). Interessante, que hoje a nutracêutica explica a importância das crucíferas, por exemplo, na manutenção e recuperação da saúde. Bom, mais adiante, no Livro Sagrado, lemos a história do dilúvio, momento em que toda a criação fora destruída apenas as criaturas que estavam na arca foram salvas. Após esse evento a terra estava deserta uma lama só, não havia vegetação, então Deus incluiu, mais outro item no cardápio do homem a carne (Gênesis 9:3), até esse momento homem e animais viviam em paz sem perseguição, ainda não existia a caça. A partir de então medo e pavor tomou conta dos animais (Gênesis 9:2). Mais adiante, o Todo Poderoso orienta ao homem quais os tipos de carne que ele tolera e o que ele abomina (Levíticos 11).
Tanto o evolucionismo quanto o criacionismo dão suas explicações sobre o assunto. Mas particularmente, sou criacionista! Pronto, falei. Nossa! Que bafão hein?! Rsrs… Nota-se que o homem, inicialmente, era herbívoro e com o tempo tornou-se onívoro.

A alimentação vegetariana atrapalha o emagrecimento?
Depende. Vegetarano/Vegano não é sinônimo de saúde. Alguns comem queijos (vegetarianos) e carboidratos (veganos) em excesso o que compromete o processo de emagrecimento. No entanto, quando a pessoa decide tornar-se vegetariana e procura um professional especializado na área para auxiliá-lo nesse processo é possível emagrecer de modo eficiente e saudável. Visto que a alimentação vegetariana tem menor teor de gordura saturada, colesterol e ótima quantidade de fibras, ácidos mono e polinsaturados o que facilita o emagrecimento.

Somente vegetarianos possuem deficiência de vitamina B12?
Na-na-ni-na-não. As últimas pesquisas mostram que infelizmente 40% da população apresenta deficiência dessa vitamina, isso é muito claro na minha prática clínica. Muitos pacientes oníveros possuem níveis inadequados de vitamina B12. Principalmente crianças, gestantes, idosos e vegetarianos. O nutricionista funcional realiza uma investigação detalhada do paciente, inclusive solicita exames específicos e quando necessário prescreve suplementação. Você aí, se tem dificuldade de concentração, memória ruim, dores de cabeça, dormências nas pernas, fique esperto, pois são sintomas de deficiência de B12.

Adotar uma dieta vegetariana ou vegana com o auxílio de nutricionista e medico é seguro e dificilmente traz prejuízos a saúde.

Você ainda possui dúvidas sobre esse assunto? Escreva nos comentários. Será um prazer respondê-lo(a).

Quer saber mais? Assine minha news e receba de brinde e-books de receitas saudáveis.

Aproveite e curta nossa página no Facebook! Sempre você encontra informações valiosas sobre nutrição, alimentação saudável para emagrecimento, hipertrofia muscular, gestação e muito mais.

Referências:
[1] Colin Campbell, T. The China Study: Startling Implications for Diet, Weight Loss, and Long-Term Health. BenBella, Dallas, 2006.
[2] Barnard. Neal Barnard, M. D. The power of your plate: a plant for better living. Book Publishing Company, revisão, Summertown, 1995.

Gostou? Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não serão liberados para publicação os comentários que contenham ofensas ou palavras agressivas, links para sites duvidosos, ilegais ou mensagens de cunho publicitário. Caso seu comentário não seja aprovado imediatamente, aguarde. Em breve ele será moderado e você, comunicado por e-mail sobre a liberação. Seu endereço de e-mail não será publicado.