Peça agora os seus, é vapt-vupt!

Alimentação na suspeita de dengue



Tanto no caso de dengue clássica, quanto no caso de dengue hemorrágica, há alguns cuidados a serem tomados com a alimentação, como manter o organismo bem hidratado. Durante o período mais crítico, a alimentação deve ser leve, de fácil digestão e absorção e o consumo de hortaliças em geral e alimentos ricos em ferro, frutas e sucos ricos em vitamina C devem ser estimulados.

O vírus da dengue provoca algumas alterações no organismo que favorecem a ocorrência de hemorragias, por isso a recomendação da ASBRAN (Associação Brasileira de Nutrição) é de que alimentos que contêm salicilatos (abricó, ameixa fresca, amêndoa, amora, batata, cereja, groselha, limão, maçã, melão, morango, nectarina, nozes, uvas passas, pepino, pêssego, pimenta, tangerina, tomate e uva) e os de ação antitrombótica (alho, cebola, gengibre) devem ser evitados em caso de suspeita da doença.

Medicamentos como os derivados salicílicos diminuem a biodisponibilidade da vitamina C, os níveis séricos de folato, ferro e potássio e as proteínas plasmáticas. Ao mesmo tempo aumentam a excreção urinária das vitaminas B1, B6 e K, portanto, deve-se dar atenção a esses nutrientes na dieta. 

A hidratação é fundamental. Podem ser utilizados sucos, água de coco, além do soro de hidratação oral. 

Boa parte das pessoas apresenta náuseas dificultando a alimentação, mas é importante o estímulo na ingestão de pequenas porções de alimentos. Bjo da nutri
Gostou? Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não serão liberados para publicação os comentários que contenham ofensas ou palavras agressivas, links para sites duvidosos, ilegais ou mensagens de cunho publicitário. Caso seu comentário não seja aprovado imediatamente, aguarde. Em breve ele será moderado e você, comunicado por e-mail sobre a liberação. Seu endereço de e-mail não será publicado.