Peça agora os seus, é vapt-vupt!

Leites vegetais: 10 opções

Para intolerantes a lactose, aqueles que resolveram evitar ou até mesmo eliminar do cardápio o leite de vaca e seus derivados, preparei opções de leites alternativos ricos em nutrientes. A maioria é simples e fácil de fazer e com essas opções dá pra você variar bastante.

Para você sempre acertar a receita e ficar tudo uma delícia é preciso aprender alguns truques:

1º)Você sempre vai usar 3/1. 3 medidas de água + 1 medida de castanhas, sementes ou cereais.

2º) Antes de preparar os leites hidrate sempre as castanhas. É bem simples, basta adicionar água mineral às castanhas até tampá-las, levar à geladeira por 8 horas (eu coloco antes de eu dormir, daí no outro dia bem cedinho preparo minha bebida.) e por fim descartar essa água, não é ela que uso no preparo das bebidas, ela fica cheia de impurezas das castanhas e substâncias que atrapalham a absorção dos nutrientes no nosso organismo.

3º) Lave bem as mãos antes de preparar o seu leite preferido, para garantir a validade dos mesmos de até 3 dias.

4º) Você pode utilizar um voal ou peneira para coar. Ah, evite jogar fora os resíduos que ficam na peneira. Utilize-os para fazer patês, farinhas, pães ou até mesmo uma panqueca. Desperte sua criatividade.

5º) Armazene por no máximo 5 dias (geladeira) em recipientes de vidro. De preferência ferva os recipientes em água antes de armazenar os leites.



Abaixo montei uma figura para te ajudar aprender as receitas. Escolha uma versão, levante, vai lá na sua cozinha e já coloca no liqui os ingredientes.
Está indeciso(a), não sabe escolher entre tantas opções? Rsrs... Vou te ajudar!

  • Se você quiser um leite mais acessível e com uma aparência fofa, de cor 'rosinha'  pode preparar o de amendoim com casca, mas se deseja um leite vegetal mais idêntico ao leite de vaca, utilize amendoim sem casca, ok?! 
  • Em termos de cálcio e proteínas, o gergelim se destaca. É um dos alimentos mais ricos em cálcio, de alto valor biológico. Não dá para ficar sem o gergelim! De sabor forte, meio amargo até, as vezes não agrada tanto o paladar. No entanto, é um dos recursos mais extraordinários para obter o cálcio.
  • Se você deseja uma bebida adocicada, fina e reconfortante, então o leite de amêndoas é pra você. 
  • Ou prefere uma bebida riquíssima em proteínas e gorduras do bem, sugiro o de avelã,  um leite encorpado e de sabor exótico.
  • O leite de nozes é fonte de vitamina E, vitaminas do complexo B, proteínas, gorduras do bem e minerais como cobre, cálcio e magnésio.
  • O leite de aveia é bem espesso, não muito agradável para beber puro, mas é excelente para fazer uma vitamina, mingau.

Abaixo mais opções:

Leite de Sementes de Girassol

1 xícara (chá) de sementes de girassol, certifique-se de que não tenha sal nela. Digo isso por experiência própria. Senão você não vai obter um leite saboroso.
800 ml de água morna

Como fazer?
Adicione as sementes e água morna no liquidificador. Bata bem e coe em peneira ou pano limpo. 


Leite de Castanha do Brasil

A castanha do brasil é útil no período do crescimento,  e melhora do estresse. Possui o triptofano, que atua na reparação celular. Seu leite é delicioso e permite o preparo de cremes leves e saborosos. Confira como é fácil preparar.

1 xícara (chá) de castanha do brasil
800 ml de água morna

Como fazer?
Adicione as castanhas e água morna no liquidificador. Bata bem e coe em peneira ou pano limpo. 

Leite de Soja

Uma verdadeira farmácia de fitoquímicos, inibidores de agentes cancerígenos e de vírus.
Esse leite é mais trabalhoso, mas o resultado é uma bebida com sabor agradável. Deixe a soja de molho durante a noite (na geladeira). Pela manhã lave-a muito bem em várias águas, procurando eliminar as casquinhas. Coloque os grãos em uma panela, cubra de água fervendo, deixe a soja em fervura branda por 3 minutos, desligue o fogo, escorra a água, torne a fazer esse processo por mais duas vezes. Esse processo tem como objetivo eliminar os elementos antinutricionais presentes nos grãos. 
Para cada medida de soja use três de água e bata no liquidificador. Por exemplo, 1 xícara (chá) de soja você adiciona 3 xícaras de água fria, ok?! Coe numa peneira fina ou pano limpo e leve para ferver, conte três minutos após levantar a fervura, o fogo deve estar brando. Retire do fogo e tempere com uma pitadinha de sal, isso ajuda a eliminar aquele gosto forte de soja.

Você ainda pode usar mel, erva doce, hortelã e outras ervas aromáticas para dar aos leites alternativos um sabor mais especial. Experimente fazer mingaus, arroz doce, canjica, vitaminas e cremes utilizando esses leites.

Ah, me conte sua experiência no preparo desses leites alternativos. Seu feedback é muito preciso para mim.

Abração :)



Gostou? Compartilhe:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Não serão liberados para publicação os comentários que contenham ofensas ou palavras agressivas, links para sites duvidosos, ilegais ou mensagens de cunho publicitário. Caso seu comentário não seja aprovado imediatamente, aguarde. Em breve ele será moderado e você, comunicado por e-mail sobre a liberação. Seu endereço de e-mail não será publicado.